Entre o céu e o inferno

Por Dejovu em

Aquela modelo emergente compra um carrão enorme, pega uma estrada sinuosa, sai a mil por hora e esquece de fazer uma curva.
Quinze segundos depois, está ela toda arrebentada, diante de São Pedro, decidindo o seu destino.
– Você quer ir para o céu ou para o inferno?
– Quer dizer que eu posso escolher?
– Sim, devido as pressões do SAP, recentemente mudamos o nosso sistema.
– SAP?
– Sim, o Sindicato das Almas Penadas.
– Ah! Posso dar uma espiada?
– Sim, me acompanhe, por favor.
Entraram por um corredor e logo ela estava diante de dois portais.
– Do lado de cá – explicou o Santo – fica o céu, do lado de lá fica o inferno.
De repente, ouve-se o barulho de uma furadeira e um pavoroso grito de dor vindo da ala celestial.
– O que foi isso? – perguntou a moça, assustada.
– Deve ser o rapaz que chegou há pouco. Provavelmente estão furando suas costas para parafusarem as asas.
– Ah! – fez a mulher e em seguida outro grito lancinante.
– Agora – São Pedro apressou-se em explicar – eles devem estar furando a cabeça do homem para colocar a auréola.
– Quer horror! Não vou querer entrar aí não! Prefiro ir para o inferno!
– Mas minha senhora… Lá o diabo vai te foder de tudo quanto é jeito…
– Mas, pelo menos os buracos já estão feitos!

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Religião

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.