Boca Santa

Por Dejovu em

No jardim do convento, está a freirinha entretida e sorridentebordando uma toalhinha para colocar no altar da capelinha, debaixo dos pés de Nossa Senhora do Rosário, quando de repente ela espeta o dedo.
– Caralho! – exclama.
Assustada com o que havia ouvido de seus próprios lábios, imediatamente leva a mão espalmada à boca.
– Puta que o pariu, eu disse caralho… mas que merda!
E depois de refletir alguns segundos:
– Ah! Agora foda-se, por mim eu nem estaria nessa porra de convento!

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Religião

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.