A morte pede carona

Por Dejovu em

O caminhoneiro vê uma freira na estrada pedindo carona e resolve ajudá-la.
Depois de seis horas de viagem e muita conversa, chegam à cidadezinha aqual a freira desceria.
Antes de descer, a freira comenta:
– O senhor me deu uma carona, ficamos seis horas juntos, conversando, mas ainda não sei o seu nome…
O homem vira-se para a freira e diz:
– Bom, meu nome é aquilo que a senhora segura todas as noites em suasmãos, antes de dormir.
E a freira, um tanto envergonhada:
– Muito obrigada, Sr. Pinto!
E o caminhoneiro:
– Meu nome é Rosário!

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Religião

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.