Um judeu, próspero empresário do ramo de…

Por Dejovu em

Um judeu, próspero empresário do ramo de confecções, ao queixar-se com um amigo com quem conversava sobre as noites de insónias que o atormentavam, recebe, e sem alternativas segue, o inevitável conselho de contar carneirinhos. Alguns dias mais tarde, mais exausto e deprimido do que nunca, reencontra o amigo que admirado com a sua expressão abatida lhe pergunta:
– Alguma coisa não correu bem?
– Esta história de contar carneirinhos, não sei se me está a fazer bem. Veja lá. Na noite passada comecei a contá-los, só que ao chegar aos dois mil passei a pensar na possibilidade de tirar a lã dos carneiros e tecer vinte mil casacos. Isto foi suficiente para me fazer passar o resto da noite sem dormir, preocupado em saber como iria conseguir vinte mil forros para os casacos.

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Regiões e Raças

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.