Motoristas no velório

Por Dejovu em

Depois de comparecerem ao velório de um colega, dois motoristas de ônibus começam a filosofar.
– Quando eu morrer – diz o primeiro, emocionado – tomara que seja de forma apoteótica, numa trombada daquelas!
– Eu não! – diz o segundo – Quero morrer como meu avô: tranqüilo, dormindo. E não berrando e gritando como os passageiros do ônibus que ele dirigia…

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Azarados

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.