Bafo de Onça

Por Dejovu em

O sujeito estava num baile, flertando uma loirinha toda dengosa. Mas, como tinha um mau hálito terrível, não conseguia encontrar coragem para se aproximar. Então teve uma idéia brilhante, fingiu que foi até o banheiro, comprou um punhado de balas de hortelã e quinze minutos depois foi ter com a garota.
– Olá, gatinha! Você vem sempre aqui?
– Não, só quando a minha mãe me coloca de castigo!
– Huumm… vejo que você tem senso de humor!
– É que eu vivo lendo o Humor Tadela!
– Ninguém é perfeito! – e depois, com um sorriso nos lábios. – Sabe o que eu estava comendo?
– Sei!
– O quê?
– Merda!

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Azarados

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.