A Descoberta do mundo

Por Dejovu em

Se o meu mundo não fosse humano,

também haveria lugar para mim:

eu seria uma mancha difusa de instintos,

doçuras e ferocidades, uma trêmula irradiação de paz e luta:

se o mundo não fosse humano eu me arranjaria sendo um bicho.

Por um instante então desprezo o lado humano da vida

e experimento a silenciosa alma da vida animal.

É bom, é verdadeiro, ela é a semente do que depois se torna humano.

Autor: Clarice Linspector

Categorias: Reflexão

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.