O eterno descontente

Por Dejovu em

Um homem descontente com a sorte queixava-se de Deus.
– Deus dá aos outros as riquezas, e a mim não dá coisa alguma. Como é que posso ser feliz nesta vida, sem possuir nada?

Um velho ouviu estas palavras e lhe disse:
– Acaso você é tão pobre quanto diz? Deus não lhe deu, porventura, saúde e mocidade?

– Não digo que não, até me orgulho bastante da minha força e da minha juventude.

O velho então pegou na mão direita do homem e lhe perguntou:
– Deixe-me cortar esta mão por mil dinheiros?

– Nem por doze mil!

– E a esquerda?

– Também não!

– E por dez mil dinheiros você ficaria cego por toda vida?

– Nem um olho daria por tal dinheiro!

– Veja – observou o velho – quanta riqueza Deus lhe deu e você ainda se queixa?

Autor: Autor desconhecido

Categorias: Metáforas

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.