Ternura e Loucura

Por Dejovu em

A gente vive e padece
lado a lado,
no entanto não se parece
quase nada.
Basta uma rusga comum,
um atrito,
para pôr entre nós um
infinito!
Parecemos estar loucos de ternura;
mas, basta que cesse um pouco
tal loucura,
para que os dois se tornem
inimigos …
Se você fosse um homem,
seríamos amigos ?

Autor: Paul Géraldy

Categorias: Curtas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.