Sem Requintes

Por Dejovu em

Eu te quero assim sem requintes
Entre a minha razão e minha loucura
Exageradamente neste teu jeito
Malicioso que me fascina
Que me deixa sem jeito quando te olho
E vejo-te a percorrer meu corpo
Fazendo-me sonhar e ficar inquieta
Não fujas de mim beija-me suave
Saboreia-me em pequenos goles
E deixarei em ti meu gosto suave
Junto com ele levaras meu cheiro

Autor: Sandra Azevedo Mello

Categorias: Curtas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.