O veado doente

Por Dejovu em

Um veado doente repousava quieto em um pequeno pedaço de pasto.

Seus companheiros vieram então em grande número para saber de sua saúde, e cada um deles servia-se a vontade da escassa comida daquele reduzido pasto, que lá estava para seu próprio sustento; assim ele morreu, não da doença, mas por falta de alimento.

Más companhias sempre trazem mais infortúnios que alegrias.

Autor: Autor Desconhecido

Categorias: Curtas

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.