Crepúsculo

Por Dejovu em

Sinta a magia do entardecer
A caricia do vento suave de verão
Observe a beleza do céu
De um azul alaranjado
É quando o dia se despede sorrindo
E a noite chega cantando
É quando nesse poema minúsculo
Tenho a ousadia de tentar retratar
O fenômeno chamado crepúsculo

Autor: Rosalva

Categorias: Curtas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.