Quando os homens falham

Por Dejovu em

Na vida, aprendi que calma e bom humor são as vias preferenciais de acesso ao coração do outro. E que raras crises resistem a uma boa e franca conversa cara a cara. Deixar-se levar pelos atalhos da exaltação de ânimos só piora as coisas. Veja só.

– Como é que você me explica isso?
– Sei lá, tanta coisa na cabeça… O Lula, a queda das ações da Vale…
– Se continuar assim, é a minha cabeça que vai rolar… O que eu digo pra Lorena?
– Não explica, ora. Ela fala igual a uma criancinha, Rodrigo. E Lorena lembra a Bobbit…
– ???
– A americana que mutilou o marido. Depois ele fez implante, lembra…? Não dá, não sobe! Aquela calcinha devia ser proibida por lei federal… Calcinha bege e larga lembra as calçolas do varal da casa da vó Shirley!
– É mesmo… Nem o lobo mau dava conta…
– Você ouviu o que ela falou no final? Ela não nos merece, cara…
– Aquele “Credo, seu pé era tão grande…” foi de lascar, concordo.
– Pois é. Apelou, perdeu! Liga não, avante. Cabeça erguida!
– O mesmo eu te digo… Da próxima vez, vê lá, hein?

* – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * –

– Que vexame, meu!
– Eu sei, é duro!
– Mole, você quis dizer… O que aconteceu pra você dormir em serviço?
– Eu é que te pergunto. Não era dia de sobreaviso… Primeiro encontro, aperto de mão, restaurante sofisticado pra impressionar…
– É que ela quis…
– Sem aquecimento não dá, já te falei… Tem que ter preliminar pra rolar clima… Beijo, toque, essas coisas… Nem parece que você frequenta academia. Se não alongar, dá câimbra. POXA!
– Foi inesperado para mim também… Mulher de atitude, hein?
– Atitude demais… E o que é demais, sobra… Sem aviso prévio, nada feito.
– Tudo bem…
– Ninguém é de ferro, cara! Prontidão gasta energia…
– Tá, tá.
– … Tô pensando em desistir, Rômulo… É muito serviço…
– Não faz isso, fica calmo. Eu sinalizo antes, prometo…
– Preciso de umas férias pra esfriar a cabeça… um mês.
– Aí você me avacalha… 5 dias.
– 15. Estou deprimido, você não está vendo?
– 10 e não se fala mais nisso. Mas tem que voltar animado, firmão…
– Fechado.
– … Até que ela foi legal com a gente… Disse que estava tudo bem… E que nem estava muito a fim…
– Ô! Já pensou se estivesse?!

* – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * –

– Levanta-te e anda, descrente!
– …?
– É com você mesmo! Fica aí deitado em berço esplêndido enquanto eu sufoco o meu brado retumbante …
– Acontece com qualquer um, calma…
– Incapacitar fisicamente o resto da humanidade vai ajudar em quê?!
– Era muita areia, Roberto!
– …?
– Pro nosso caminhãozinho. Eu nem sabia por onde começar. Um espetáculo!
– Mulheraço, né? Que boca… Tinha tudo pra ser perfeito! Ficar na memória…
– Aí afogou o motor… excesso de combustível. Expectativa demais.
– E o que eu faço agora?
– Esquece. Amanhã você liga pra ela…
– Você acha que a Ciccarelli vai nos dar uma nova chance?

* – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * –

– Meu melhorrrr, inseparável e ÚNICO amigo! Eu te AMOOO! Como é que foi acontecerrrr isso?! Logo comigo…
– Foi a bebida, cara… Olha o pé da cama!
– Bebi justamente pra animarrrr…
– Excesso de combustível… afogou o motor… de cima.
– Falarrrr “eu agora entendo o seu carro…” foi golpe baixo dela, pô!
– Foi mesmo. A Ferrari não tem nada a ver com isso, Ronaldo… Entra no chuveiro pra apagar esse fogo… E fala baixo, que a imprensa tá de olho na gente.

– * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – * – *

Antes que me perguntem se já aconteceu comigo: claro que não! Nem com você, tenho certeza. Graças a Deus, certas coisas só acontecem com os outros.

Autor: Maria Paula Alvim

Categorias: Crónicas e Textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.