O Poder das Palavras

Por Dejovu em

Todos nós como seres humanos normais; E o que é ser um ser humano normal?
Voltemos… Todos nós que “julgamo-nos” seres humanos normais temos algo que nos desestrutura e aterroriza, podendo muitas vezes ter este “escravizador” de nossa harmonia resumido a uma única palavra.

Para alguns pode ser a palavra Solidão, esta que acredito ser de grande importância, principalmente para que contribua de maneira efetiva com nosso auto-conhecimento, porém, por tempo determinado.
Ás vezes necessitamos ficar sós, mas ressalto! “Ás vezes”. O Para sempre, o eterno, como gostaríamos, fosse o amor, é tempo demais para se viver só…

A palavra Medo trás consigo uma sobrecarga de fantasmas, pois com ela vem o “medo de que?” Morte, segredos, doenças, chegadas, partidas, começos e recomeços…

A palavra Insatisfação cuja presença muitas vezes é constante, também é aterrorizadora, pois, geralmente quem a sente, além de ser possuído com enorme intensidade e de maneira dolorosa, não sabe realmente de onde vem, seja por falta de conhecimento ou incapacidade de admitir algo que está contribuindo com a complexa e temível palavra Infelicidade “talvez” a mais amedrontadora e presente de todas!

Para mim a mais devastadora das palavras é Incerteza.
Aquela promessa sem data para ser cumprida, aquele telefone que não toca, a pessoa que não aparece exatamente no local e modo de acordo com a minha expectativa, expectativa minha, portanto, sou eu quem devo cuidar dela.
Como ser humano normal que me considero, perco o controle e é aí onde ela faz comigo oque as outras palavras podem fazer com qualquer um, basta estar vivo… Tira a paz, corrói a alma e tortura a mente.

Precisamos aprender a trabalhar o nosso medo das palavras, a bem da verdade, precisamos nos colocar frente a elas e racionalizar o fato de que palavras, são palavras, o homem as criou para demonstrar sentimentos e não para auto-destruir-se, deu-lhes significados que só poderão atingir-nos, se assim o permitirmos.
Encontre a sua palavra e apague-a de sua mente, sua vida e troque-a por fé e esperança…

Pensei em falar-lhes das palavras Amor e Saudade, mas, estas além de “com certeza” serem as mais lindas, são as que me dão inspiração para escrever e a muitas, muitas pessoas, razão para viver…

Autor: Helena Martins Daniel

Categorias: Crónicas e Textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.