Quando estás vestida, Ninguém imagina Os mundos que escondes Sob…

Por Dejovu em

Quando estás vestida,
Ninguém imagina
Os mundos que escondes
Sob as tuas roupas.

(Assim, quando é dia,
Não temos a noção
Dos astros que luzem
No profundo céu.)

Mas a noite é nua,
E, nua na noite,
Palpitam teus mundos
E os mundos da noite.

Brilham os teus joelhos,
Brilha o teu umbigo.
Brilha toda a tua
Lira abdominal.

Autor: Manoel Bandeira

Categorias: Autores Famosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.