Recomeçar

Por Dejovu em

Eu te tiro dos meus olhos, da minha vida
Deixo-te ir embora do meu coração
Como uma brisa de uma madrugada
De uma noite sem estrelas, sem lua
No amanhecer de um sol brilhante
Num majestoso partir do meu amor
E minha alma livre voa a apagar teus rastros
Guardo tuas fotos, limpo o teu cheiro
E vou te esquecer em algum canto
Do meu álbum do passado onde nada volta
E sinto a alegria de meu recomeçar
Em um novo poema em meu poemar
Sem nenhuma mágoa onde não permitirei saudade

Autor: Sandra Mello-Flor

Categorias: Amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.