Palavras Soltas

Por Dejovu em

Hoje não estou preocupada com o desprezo do teu silêncio…
Recuso ser na tua vida a mancha amarga…

Hoje não quero saber…
O que você procura através do vidro frio da tua janela…
Se vês primaveras, ou o cinza do inverno atrasado…

Hoje recuso a imaginar quem és…
O teu sorriso, os teus olhos, as tuas palavras…

Hoje sinto-me livre da angústia de querer prender-te…
Vou esquecer o penúltimo som da tua voz…

Hoje sou alma leve…
Percebo perene, o vento contornando o canto da minha boca,
deixando o gosto do beijo teu…

Vou unir-me as estrelas companheiras de mil noites,
Te guardar no gozo dos meus segredos…

Sorrir…
De felicidade por te amar tanto…

Autor: Lanna Agda

Categorias: Amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.