Uma lágrima enevoa, faz vir nuvens espessas ao céu dos olhos, e, de…

Por Dejovu em

Uma lágrima enevoa, faz vir nuvens espessas ao céu dos olhos, e, de uma singela maneira, fecha-os ao que está lá fora e vira-os, com toda a beleza e intensidade, para o que está, por assim esclarecer, cá dentro de nós.

Autor: Miguel Esteves Cardoso

Categorias: Reflexivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.