O mundo está a tornar-se um mercado comum no qual as pessoas – onde…

Por Dejovu em

O mundo está a tornar-se um mercado comum no qual as pessoas – onde quer que vivam – desejam os mesmos produtos e estilos de vida. As empresas globais têm de esquecer as diferenças idiossincráticas entre os países e culturas, e concentrar-se, em vez disso, na satisfação dos desejos universais.

Autor: Theodore Levitt

Categorias: Reflexivas

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.