Mais se dedicam as lisonjas ao interesse de quem as obra, do que ao…

Por Dejovu em

Mais se dedicam as lisonjas ao interesse de quem as obra, do que ao decoro de quem as admite

Autor: António Vieira

Categorias: Reflexivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.