Somos injustos com a morte, pintando-a como é geral costume;…

Por Dejovu em

Somos injustos com a morte, pintando-a como é geral costume; deveríamos representá-la como uma matrona idosa, bem conservada, alta, formosa, augusta e calma, de braços abertos para nos receber. É o emblema do repouso eterno depois da vida desgraçada, irrequieta e tempestuosa

Autor: Charles Ligne

Categorias: Místicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.