Para mim? Para ti? Para ninguém. Quero atirar para aqui,…

Por Dejovu em

Para mim? Para ti? Para ninguém. Quero atirar para aqui, negligentemente, sem pretensões de estilo, sem análises filosóficas, o que os ouvidos dos outros não recolhem: reflexões, impressões, ideias, maneiras de ver, de sentir ? todo o meu espírito paradoxal, talvez frívolo, talvez profundo.

Autor: Florbela Espanca

Categorias: Místicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.