Curtas

Minha alma poema

Autor: Sandra Azevedo Mello

Quando tu me lês Tu lê minha alma, que antes solitária Dou ela a vida em poemas E te trago a ti toda enfeitada Perfumada e bela, ora chorosa! Ora em plena alegria vida Minha alma poema

Por Dejovu, Há
Reflexão

Poemas

Autor: Sandra Azevedo Mello

0s poemas alimentam minha alma É um pouco de mim que deixo neles Que quando tu os lê por instantes Faço parte de ti e tu me sentes São eles a indefinição do meu eu Ou o meu eu, em vagos traços! E jamais saberei como tu os viste Como […]

Por Dejovu, Há
Desculpas

Desculpa-me,

Autor: Sandra Azevedo Mello

Desculpa-me, lamento te dizer sou inteligente… Não confundas o meu jeito delicado Os meus gestos suaves o meu olhar manso Não me julgues pela aparência ou delicadeza do meu falar Não me subestime, eu sei lutar, e gritar ao ser agredida Sei ser cruel quando me sinto injustiçada, desculpe-me Gosto […]

Por Dejovu, Há
Amor

Me faz um poema

Autor: Sandra Azevedo Mello

Me faz um poema para mim! Coloca nele uma lua cheia, um mar sereno. Um barquinho pequeno uma gaivota Me faz um poema para mim! Coloca nele um céu de estrelas e estrelas na arreia Desenha um coração na areia molhada Coloca nele o meu nome e o teu Me […]

Por Dejovu, Há
Crónicas e Textos

Silêncio

Autor: Sandra Azevedo Mello

No meu silêncio vou escutar Meu coração os seus gritos Em silêncio sentirei minhas lágrimas Que meus olhos deixam deslizar pelo meu rosto Que saem do meu coração doido pela tua ausência Em silêncio escuto meu coração chorar baixinho. No silêncio penso em ti No silencio sinto a falta de […]

Por Dejovu, Há
Crónicas e Textos

RUAS TORTAS

Autor: Sandra Azevedo Mello

E a andar por meu coração Descobri tantas ruas Tantos becos E ao percorrer estes caminhos Fiquei encantada e enamorada Eu não sabia, Destas ruelas sem calçadas E cada uma delas tão diferentes Mágico simplesmente mágico Estes caminhos que percorri No meu coração abusado Uns escuros, outros floridos. Outros só […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Flor a noite

Autor: Sandra Azevedo Mello

À noite eu abro as pétalas E tomo banho com o orvalho Deixo meu perfume enlouquecer a vida E vai com o vento atravessando mares A encontra teu corpo a te possuir À noite eu abro as minhas pétalas E meu perfume vai embriagar tua alma

Por Dejovu, Há
Curtas

Apaixone-se

Autor: Sandra Azevedo Mello

Faz bem à alma a pele A vida é bela apaixone- se Não escolha muito se apaixone. E quando se apaixonar cultiva o amor, Seja suave e loucamente doce Apaixone-se vai sorrir com a vida

Por Dejovu, Há
Curtas

Analisar-me…

Autor: Sandra Azevedo Mello

Não posso Sei muito pouco de mim Não paro pensar no meu eu em mim Sei o que os outros me dizem Não gosto desta que comentam Um tanto temperamental e silenciosa Mas por vezes dura no falar não gosto Um tanto comum, pois conseguem analisar… Acho que eles não […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Borboletas

Autor: Sandra Azevedo Mello

Sou flor onde borboletas posam E levam com elas um pouco de mim E com isso renasço em outros canteiros Não a mesma flor, mas parte de mim. Não levam com elas, estas borboletas. As minhas pétalas, meu desabrochar. Tão pouco meu brilho, que ao sol. eu deixo num doce […]

Por Dejovu, Há
Saudade

Não me digas adeus

Autor: Sandra Azevedo Mello

Não fales nada não quero escutar Deixa-me um beijo quando fores embora Derrama um pouco de teu perfume em algum canto Quero sentir teu cheiro na minha saudade Não me escrevas nada não me de adeus Quero pensar que tu estas ali No final da rua em algum bar E […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Sem Requintes

Autor: Sandra Azevedo Mello

Eu te quero assim sem requintes Entre a minha razão e minha loucura Exageradamente neste teu jeito Malicioso que me fascina Que me deixa sem jeito quando te olho E vejo-te a percorrer meu corpo Fazendo-me sonhar e ficar inquieta Não fujas de mim beija-me suave Saboreia-me em pequenos goles […]

Por Dejovu, Há