Amor

Você e Eu

Autor: Paul Géraldy

Eu gosto, gosto de você! Compreende? Eu tenho por você uma doidice… Falo, falo, nem sei o quê, Mas gosto, gosto de você. Você ouviu bem isso que eu disse?… Você ri? Eu pareço um louco? Mas que fazer para explicar isso direito, Para que você sinta?… O que eu […]

Por Dejovu, Há
Amor

Toi et Moi

Autor: Paul Géraldy

A gente começa a amar Por simples curiosidade, Por ter lido num olhar Certa possibilidade. E como, no fundo, a gente Se quer muito bem. Ama quem ama somente Pelo gosto igual que tem. Pelo amor de amar começa A repartir dor por dor, E se habitua depressa A trocar […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Confissão

Autor: Paul Géraldy

Eu bem sei que, ciumento, exigente, impulsivo, Irritado, infeliz por coisas tão banais, Eu vivo a provocar discussões sem motivo… Mas eu amo tão mal porque eu amo demais. E atormento você, e persigo… Você havia de ser melhor amada e mais feliz também, Se não fosse você a minha […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Dúvida

Autor: Paul Géraldy

Você diz: “Eu penso apenas em você”. Mas pensa em mim muito menos que no amor. E diz: “Meus olhos magoados que vivem só de desejo passam horas acordados quando me deito”. Mas sua alma é mais satisfeita do que louca. Você pensa mais no beijo que na boca. Você […]

Por Dejovu, Há
Curtas

Ternura e Loucura

Autor: Paul Géraldy

A gente vive e padece lado a lado, no entanto não se parece quase nada. Basta uma rusga comum, um atrito, para pôr entre nós um infinito! Parecemos estar loucos de ternura; mas, basta que cesse um pouco tal loucura, para que os dois se tornem inimigos … Se você […]

Por Dejovu, Há