Metáforas

Para meu neto

Autor: Floyd Wickman e Terri Sjodin

Ouvi num domingo, na igreja, a história de uma família de refugiados do Leste europeu, forçada a sair de casa por tropas invasoras. Perceberam que a única chance de escapar dos horrores da guerra era atravessar as montanhas que circundavam a cidade. Tinham certeza de que estariam a salvo num […]

Por Dejovu, Há
Amor

Soneto do Amor total

Autor: Vinicius de Moraes

Amo-te tanto meu amor… não cante O humano coração com mais verdade… Amo-te como amigo e como amante Numa sempre diversa realidade. Amo-te enfim, de um calmo amor prestante E te amo além, presente na saudade. Amo-te, enfim, com grande liberdade Dentro da eternidade e a cada instante. Amo-te como […]

Por Dejovu, Há
Amizade

Soneto do Amigo

Autor: Vinicius de Moraes

“Enfim, depois de tanto erro passado Tantas retaliações, tanto perigo Eis que ressurge no outro o velho amigo Nunca perdido, sempre reencontrado. É bom sentá-lo novamente ao lado Com os olhos que contém o olhar antigo Sempre comigo um pouco atribulado E como sempre singular comigo. Um bicho igual a […]

Por Dejovu, Há
Autores Famosos

Soneto de Separação

Autor: Vinicius de Moraes

De repente do riso fez-se o pranto Silencioso e branco como a bruma E das bocas unidas fez-se a espuma E das mãos espalmadas fez-se o espanto. De repente da calma fez-se o vento Que dos olhos desfez a última chama E da paixão fez-se o pressentimento E do momento […]

Por Dejovu, Há
Autores Famosos

Soneto de fidelidade

Autor: Vinicius de Moraes

De tudo, ao meu amor serei atento Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar […]

Por Dejovu, Há
Autores Famosos

Soneto ao caju

Autor: Vinicius de Moraes

Amo na vida as coisas que têm sumo E oferecem matéria onde pegar Amo a noite, amo a música, amo o mar Amo a mulher, amo o álcool e amo o fumo. Por isso amo o caju, em que resumo Esse materialismo elementar Fruto de cica, fruto de manchar Sempre […]

Por Dejovu, Há
Desejos e Erotismo

De Cien sonetos de amor

Autor: Pablo Neruda

Tenho fome de tua boca, de tua voz, teus cabelos e pelas ruas vou sem me nutrir, calado, não me sustenta o pão, a aurora me desconcerta, procuro o líquido som de teus pés pelo dia. Faminto estou de teu sorriso resvalado, de tuas mãos cor de furioso celeiro, tenho […]

Por Dejovu, Há
Amor

A vida já é um buraco de agulha tão estreitinho, e as suas…

Autor: Joel Neto

A vida já é um buraco de agulha tão estreitinho, e as suas obrigações, camelos tão gordos e abastecidos, que passar três quartos do ano a magicar numa distinção maniqueísta entre mulheres decentes e galdérias perniciosas, entre cãezinhos de rua e príncipes encantados, é matemática tão intricada como a dos […]

Por Dejovu, Há