Amor

Casa de Papel

Autor: Lanna Agda

Cheia de gestos nus, inocentes, inerentes. Me vi à tua porta de papel. Entrei. Caminhei no piso de lâminas de seda Rodeada pelo silêncio, Sempre o mesmo silêncio! Teias de aranha enfeitavam as janelas de ar… Um cheiro verde… Salsa pendurada em raminhos no teto de papelão canelado. Tua boca […]

Por Dejovu, Há
Crónicas e Textos

Manhã…

Autor: Lanna Agda

Ela vem se aproximando lentamente… Também lentamente, a consciência começa a despertar, cada pequeno som, uma ação. As gotas da chuva caem sobre o telhado Imaginando compor uma bossa nova, um samba canção. Que nada! É só a manhã fazendo sua higiene matinal. Enquanto uma andorinha mimoseia os desassossegados raios […]

Por Dejovu, Há
Amor

Palavras Soltas

Autor: Lanna Agda

Hoje não estou preocupada com o desprezo do teu silêncio… Recuso ser na tua vida a mancha amarga… Hoje não quero saber… O que você procura através do vidro frio da tua janela… Se vês primaveras, ou o cinza do inverno atrasado… Hoje recuso a imaginar quem és… O teu […]

Por Dejovu, Há
Saudade

Amo a vida por ter me aproximado de ti!

Autor: Lanna Agda

Circunstâncias, aparências, imaginação ou não. Insinuações de um “Basta”! Não querendo aceitar… Finjo viver um amor que nunca aconteceu. Como pôde ter um fim?! Amo a vida por ter me aproximado de ti! E você nem percebe que a vida passa feito um vento; E, se o que se foi […]

Por Dejovu, Há