47290 Dejo...Vus


   Orkut

   RSS Geral

  Estamos no Hi5

 




Canção da Rameira

 

Clareira de capim queimado
Cheiro de coisa que ardeu
Resto de suor umido
Corpos abraçando o chão
Louca me mordendo a carne
Me trincando os dentes
Me roendo as forças
Me fazendo escravo
Do que eu mais possuo
O sol castigando
E eu desesperado
Te peço desculpas
Pelo corpo sujo
Pela mão barrenta
Com que te rasquei
2007/05/07 enviada por WebMaster

Autoria de Oswaldo Montenegro/Mongol
Mensagens de Desejos e Erotismo

Enviar Este Texto

Enviar a alguém

De:  
Nome E-mail
 
Para:  
Nome E-mail
 
Nome E-mail
 
Nome E-mail
 
Nome E-mail
Pretendo registar e-mails de conhecidos na newsletter
Será enviado um link da página deste artigo para o e-mail que indicar como destino.

 

 

Votar

Avalie este artigo

 

 



Nome
E-mail

Este voto só ficará contabilizado depois de fazer clique no link que lhe será enviado já a seguir para o e-mail indicado. Como tal garanta que o seu e-mail está válido e operacional, se não receber o nosso e-mail verifique os seus filtros de SPAM, ou a caixa de Lixo/Trash do seu cliente de e-mail.

 

Comentar Texto

Faça um comentário

Comentário

Nome
E-mail

Este comentário só ficará válido depois de fazer clique no link que lhe será enviado já a seguir para o e-mail indicado. Como tal garanta que o seu e-mail está válido e operacional, se não receber o nosso e-mail verifique os seus filtros de SPAM, ou a caixa de Lixo/Trash do seu cliente de e-mail.

 

Mais do Mesmo